A influência das novas séries nas relações sexuais

28 de agosto de 2023 9 Por admin

Hoje em dia, nas cidades, vivemos constantemente rodeados de estímulos. Onde quer que você vá e para onde quer que olhe, em anúncios, videogames, moda, séries, filmes e uma longa etc. Tudo foi criado com uma imagem de como deveria ser.

 

O que está acontecendo? Às vezes há tantos desses estímulos e eles são recebidos desde tão cedo que acabam produzindo uma normalização extrema.

 

Eles geralmente mostram a imagem de uma mulher ideal. Ou seja, fino e esbelto, o que atualmente representa o ideal de beleza. Enquanto, do lado masculino, eles mostram um homem masculino, forte, corajoso e atraente. Em muitas ocasiões eles acrescentam um toque de menino mau ou com um passado sombrio, tornando realidade muitas das fantasias e desejos de muitas mulheres.

Até algumas décadas atrás, a sexualidade era uma descoberta pessoal, um processo pelo qual cada pessoa experimentava novas sensações. Agora, ele é totalmente automatizado e todos têm acesso a uma quantidade infinita de informações e material audiovisual sobre o assunto.

 

Um exemplo claro é como o vírus 50 Shades of Grey se tornou. Milhares de pessoas leram os livros e, mais ainda, viram os filmes, será porque é uma desculpa para desencadear desejos ocultos, ou porque o ideal de um homem que é um empotrador é mórbido, será que motiva as mulheres a se tornarem ou imitarem gostosas acompanhantes São Paulo, ou é o desejo de infligir dor, ou é o desejo do proibido e diferente? Sucesso, dinheiro, luxo… na história, tudo vai com ele.

 

Outros programas de TV que têm chamado a atenção para esta questão são Sex and the City e, mais recentemente, Sex Education. Neles, além de mostrar cenas e relacionamentos, os personagens falam sobre o assunto e o discutem, o que dá origem a poderosas conversas entre os espectadores.

 

Mas estes não são os únicos que mostram cenas de sexo. Algumas são mais explícitas do que outras, mas hoje em dia elas acontecem na maioria das séries e filmes. Até mesmo as protagonistas às vezes são ou foram excitantes acompanhantes DF. E agora o sexo se tornou mais importante em todos os seus tipos e formas. Mas até que ponto é bom, que conseqüências isso tem?

 

Ela transmite uma imagem de amor, casais e relacionamentos, o que pode dar origem a muitos debates. É impossível para todos pensar da mesma forma e concordar. Parece que o amor romântico e a castidade estão saindo de moda. Dando lugar, assim, a uma época em que é normal terminar na cama no primeiro encontro. Uma liberalização sexual em que o despertar é cada vez mais precoce.

 

Hoje em dia é muito fácil conseguir sexo sempre que se quer. Mas que tipo de relacionamento você tem? As pessoas tiram referências de tudo o que vêem e ouvem. Por exemplo, de celebridades e personagens fictícios que eles idolatram. É por isso que muitos tentam imitá-los.

 

Cada pessoa é do jeito que é e vive seus gostos, fantasias e fetiches à sua própria maneira. O que uma pessoa gosta, outra não pode gostar. Assim como os tipos de relacionamentos, nem todos funcionam da mesma maneira. Se ao menos houvesse uma fórmula secreta para que o amor fosse feliz. Mas como ainda não é conhecido, o que os especialistas recomendam é experimentar e conhecer melhor uns aos outros para ver realmente o que cada um gosta. Seja sozinho ou acompanhado por uma das belas acompanhantes Skokka. E de lá para desfrutá-lo e dar rédea solta.

 

A ficção não tem que influenciar as expectativas e a imagem do sexo. Nem fingir que ninguém mais é como aquele personagem que é considerado tão atraente. Porque, no final, todas essas histórias são fantasias, ilusões… O reflexo de tudo o que as pessoas desejam que aconteça na vida real, mas que nunca acontece.

A construção dessa vida ideal cheia de diversão, prazer, tranqüilidade, paixão, desejo e sucesso. Onde já é sabido que haverá um final feliz para todos, não é necessariamente real. Portanto, é preciso saber distingui-la e descobrir sua própria identidade sexual. Todas as suas próprias fantasias e desejos que você quer satisfazer. Desta forma, você pode se deixar levar e desenvolver quem você é, mas acima de tudo, desfrutá-lo. Desta forma, cada pessoa pode escrever seu próprio roteiro ou série de filmes com as cenas que prefere e ser o protagonista.

 

Fdo: Deborah Salas